Portal do Governo Brasileiro

Escola de Formação em Saúde de Santa Catarina inicia capacitação em Acolhimento e Cuidados de Enfermagem em UTI Neonatal

10 de Maio de 2019

Objetivo é atualizar os profissionais em relação aos cuidados de enfermagem e na aplicação de ações de acolhimento que contribuam para a humanização da assistência nessas unidades.

A Escola de Formação em Saúde de Santa Catarina (EFOS-SC) em parceria com o projeto Itinerários do Saber promoveu, no dia 7/05, na sede da Escola, a primeira aula da Capacitação em Acolhimento e Cuidados de Enfermagem em UTI Neonatal. A iniciativa tem o objetivo de atualizar os profissionais de saúde das UTI Neonatal em relação aos cuidados de enfermagem, na identificação, na criação e na aplicação de ações de acolhimento que contribuam para a humanização da assistência nessas unidades.

A tutoria da capacitação, que conta com 60h de carga horária, está sob a responsabilidade da enfermeira e especialista em UTI Neonatal e Pediatria, Luiza Pilati de Lemos, que atua como Enfermeira Assistencial na UTI Neonatal do Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis.

Como atividade complementar à capacitação, a enfermeira da EFOS Carla Beatriz Marques Machado Montibeller fez um relato emocionante e corajoso para os alunos sobre a sua vivência após o nascimento de sua filha, Mariana, numa unidade de UTI Neonatal. Na medida que ia apresentando fotos do desenvolvimento de Mariana, a enfermeira foi narrando suas angústias durante a internação em uma UTI Neonatal e os desafios diários da filha. Embora o seu maior medo fosse também a sua maior certeza, a saber, a de que a paralisia cerebral deixaria em Mariana sequelas, Carla lembrou que, sem o acolhimento dos profissionais de saúde, o tratamento de sua filha tornar-se-ia muito mais difícil.

O Projeto Itinerários do Saber
O Itinerários do Saber tem como objetivo promover o desenvolvimento de estratégias para a qualificação dos profissionais de saúde de nível médio/técnico, visando o aperfeiçoamento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Esta iniciativa é do Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Gestão da Educação na Saúde (DEGES) da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), que atua em conjunto com o Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnologia em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (ICICT/FIOCRUZ) e com a Rede de Escolas Técnicas do Sistema Único de Saúde (RETSUS).

Fonte e imagem: EFOS-SC

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais notícias