Portal do Governo Brasileiro

Ainda com a temática “Caminhos do Cuidado: que pedagogia em larga escala é essa?”, a publicação conta com mais outros três artigos e três relatos de experiência inéditos.

Profissionais dos municípios de Araraquara, Olímpia e São José do Rio Preto foram formados, com o apoio do projeto Itinerários do Saber, nas modalidades semipresenciais e a distância.

Formação em Saúde Mental: Crack, Álcool e outras drogas, bem como Acolhimento ao Usuário da Atenção Básica e Prevenção ao Suicídio são as temáticas das formações.

O curso visa contribuir na atuação desses profissionais como agentes de mudança de práticas de cuidado em saúde mental das pessoas que fazem uso de crack, álcool e outras drogas.

Ao todo, foram formados quarenta agentes comunitários de saúde, auxiliares e técnicos em enfermagem das equipes das Estratégias de Saúde da Família, bem como os profissionais do Centro de Atenção Psicossocial da cidade.

Ao todo, a formação abrange 120 municípios do estado e conta com a inscrição de 250 profissionais que atuam na porta de entrada do SUS e os que lidam com a temática em suas práticas diárias de trabalho

Este foi o primeiro passo dado para a afirmação da revista no meio científico. A partir de agora, o número do registro ISSN 2595-0886 será utilizado para todas as edições da Revista Cadernos do Cuidado.

A formação acontecerá até abril e contará com a entrega dos Projetos Pedagógicos de Cursos (PPC), desenvolvidos durante o processo de aprendizagem. Cerca de 300 vagas foram ofertadas às ETSUS.

Página 2 de 138

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais notícias