Portal do Governo Brasileiro

Busca textual

Busca por data ou período

-

Estados

Assunto

A formação será semipresencial e visa aprofundar conhecimentos e habilidades para o enfrentamento ao mosquito Aedes Aegypti. A meta é capacitar 800 profissionais de saúde de nível médio na até o final de 2018.

A capacitação aconteceu na modalidade semipresencial entre os meses de abril e maio, sendo ofertadas 93 vagas para profissionais da área da Saúde e Educação.

A seleção é destinada aos profissionais com nível superior na área da saúde e que pretendem atuar como Tutores nos cursos que acontecem com o apoio gerencial do projeto Itinerários do Saber. Interessados podem se inscrever, gratuitamente, até amanhã (31/05).

Ainda com a temática “Caminhos do Cuidado: que pedagogia em larga escala é essa?”, a publicação conta com mais outros três artigos e três relatos de experiência inéditos.

Profissionais dos municípios de Araraquara, Olímpia e São José do Rio Preto foram formados, com o apoio do projeto Itinerários do Saber, nas modalidades semipresenciais e a distância.

Formação em Saúde Mental: Crack, Álcool e outras drogas, bem como Acolhimento ao Usuário da Atenção Básica e Prevenção ao Suicídio são as temáticas das formações.

O curso visa contribuir na atuação desses profissionais como agentes de mudança de práticas de cuidado em saúde mental das pessoas que fazem uso de crack, álcool e outras drogas.

Ao todo, foram formados quarenta agentes comunitários de saúde, auxiliares e técnicos em enfermagem das equipes das Estratégias de Saúde da Família, bem como os profissionais do Centro de Atenção Psicossocial da cidade.

Página 3 de 139

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais notícias